Arquivo da tag: Redes Sociais

Análise da rede de interação entre os pesquisadoes de Biblioteca Escolar

Resumo:
O presente trabalho aborda a Teoria dos Grafos, com o objetivo de analisar as redes de interação entre os pesquisadores do tema biblioteca escolar, utilizando as bases de dados referências na área de Ciência da Informação no Brasil e fazendo um recorte de 2000 a 2013. Procura identificar os autores que possuem mais interações com outros pesquisadores na publicação de artigos sobre biblioteca escolar com a aplicação dos métodos da Análise de Redes Sociais (ARS).

Palavras-chave: Redes sociais. Análise de Redes Sociais. Teoria dos Grafos. Biblioteca Escolar. Continue lendo Análise da rede de interação entre os pesquisadoes de Biblioteca Escolar

Eleições no Brasil são a maior da história do Facebook

facebook-tela

As eleições 2014 não movimentaram apenas os locais de votação, mas também as redes sociais, que compartilhavam de maneira intensa cada momento que envolvia a escolha dos novos políticos. Segundo dados divulgados pelo Facebook, até o sábado, 320 milhões de interações sobre as eleições foram feitas, superando com folga as eleições ocorridas na Índia neste ano, onde foram contabilizadas 227 milhões de interações. As informações são do Estadão. Continue lendo Eleições no Brasil são a maior da história do Facebook

Redes sociais de produção e colaboração tecnológica para o descarte de resíduos de equipamentos elétricos e eletrônicos

Resumo

Introdução: Esta pesquisa teve como objetivo geral mapear e analisar as redes sociais de produção e colaboração tecnológica, em documentos de patentes, relativas às inovações sobre descarte de lixo tecnológico, também chamado de Resíduos de Equipamentos Elétricos e Eletrônicos. O referencial teórico é pertinente ao campo de estudos “Ciência, Tecnologia e Sociedade”. Método: A metodologia baseou-se na aplicação das técnicas relativas à Análise de Redes Sociais, caracterizada pelo mapeamento e mensuração dos fluxos e relações e colaborações entre os inventores das patentes de inovações relativas ao descarte de lixo tecnológico. Resultados: Os resultados apontam a pouca expressividade da colaboração internacional neste domínio, e a liderança da China no que diz respeito ao registro de patentes sobre descarte de Resíduos de Equipamentos Elétricos e Eletrônicos. Conclusões: As possíveis causas da pouca colaboração internacional nesta área de pesquisas tecnológicas derivam da ausência de harmonização legal no campo da propriedade industrial, associada às distâncias geográficas, barreiras linguísticas e altos custos incorridos na colaboração tecnológica transnacional.

Palavras-chave
Lixo tecnológico. Colaboração em redes sociais. Patentes. Pesquisas tecnológicas. Produção tecnológica. Inovação tecnológica.

Continue lendo Redes sociais de produção e colaboração tecnológica para o descarte de resíduos de equipamentos elétricos e eletrônicos

A internet virou grande aliada do livro

Com o avanço da informática, houve quem profetizasse o fim do livro “físico” e defendesse que os e-books – livros em arquivos digitais – fossem tomar o seu lugar. Esta transição se vê pouco hoje. Embora o e-book seja mais consumido a cada dia, ele ainda não chega nem perto das vendas dos livros de papel. A verdade é que a internet e o livro acabaram, de certa forma, sendo aliados. Quem gosta de literatura, encontra na rede muitos sites que tratem deste assunto, seja para o comercializar e-books e livros novos ou usados, promover discussões acerca de algum título, buscar por dicas de compra ou ainda descobrir novos autores.

Assim, a internet faz um papel também de estímulo à leitura entre as pessoas que se interessam pelo assunto. Os e-books, embora digitais, não deixam de ser livros e, por isso, são também importantes para cultivar o hábito da leitura e nem sempre quem compra o livro digital abandona de vez o hábito de ler as edições físicas. “Eu acredito que existe espaço para todos. Assim como o computador não substitui totalmente o papel e o CD não substituiu o vinil, o e-book não substituirá o físico. Há prazer em escutar um vinil, assim como há prazer em folhear as páginas de um livro e isso a tecnologia não substitui”, opina Caroline Brüning, psicóloga que tem o costume de ler tanto e-books quanto papel. Após adquirir o hábito de comprar e-books, ela não deixou ir às livrarias para saber sobre os lançamentos e comprar títulos que a interessam. Caroline acredita que existem publicações que você não somente baixa na internet, mas faz questão de ter o produto físico. Continue lendo A internet virou grande aliada do livro

Ferramentas 2.0 e bibliotecas universitárias brasileiras

Resumo

Apresenta o conceito de biblioteca 2.0, e como os serviços e produtos orientados nesta perspectiva transformariam as bibliotecas tradicionais em ambientes mais interativos e dinâmicos. Aborda como as ferramentas 2.0 – blogs, microblogs, redes sociais, wikis, portais de compartilhamento de imagens e vídeos, dentre outras – podem proporcionar o aprimoramento dos processos de comunicação, transmissão da informação e aquisição do conhecimento, resultando em uma maior aproximação  da biblioteca e do bibliotecário com os seus usuários. Método: Análise quantitativo-qualitativa de websites de bibliotecas de universidades públicas brasileiras (incluído o Distrito Federal) visando o levantamento do uso de ferramentas 2.0. Resultados: Observou-se que dezenove, da amostra de vinte e sete bibliotecas submetidas à análise  utilizam alguma ferramenta 2.0. Verificou-se a preferência por três grupos de ferramentas 2.0 (Fontes RSS , Microblogs, e Redes Sociais). Verificou-se a não utilização de algumas ferramentas (Redes Sociais de Leitura, wikis, e Mensagens Instantâneas). Conclusão: As bibliotecas universitárias públicas brasileiras investigadas ainda têm uma modesta participação na esfera 2.0 o que dificulta o uso do potencial de comunicação, interação e colaboração destas ferramentas entre os usuários e usuários e bibliotecários

Palavras-chave: Web 2.0; Bibliotecas e a Internet; Serviços de bibliotecas; Tecnologias sociais; Tecnologias da informação e comunicação

Continue lendo Ferramentas 2.0 e bibliotecas universitárias brasileiras

7 dicas para engajar usuários em redes sociais

A questão principal para quem atua diretamente com mídias sociais é conteúdo. E isso não é diferente para quem trabalha em Bibliotecas e Serviços de Informação. Ou melhor, pode ser bem diferente exatamente porque se tem acesso à muito conteúdo nesses lugares! E oferecer aos seguidores da sua marca, instituição, produto ou serviço conteúdo atrativo é o ponto de partida para conquistar uma boa atuação em mídias sociais.

Sabendo disso, o que fazer? Continue lendo 7 dicas para engajar usuários em redes sociais

Cinco memes sobre bibliotecas

Um dos memes mais conhecidos está relacionado ao personagem Morfeu do filme Matrix, que nesta versão nos adverte em não usar saltos na biblioteca.Meme MatrixO Philosoraptor é um desenho de velociraptor com questões filosóficas, neste caso, sobre referências bibliográficas.

Philosoraptor: How do I cite sources for my research paper?O famoso Dr. House, nos adverte sobre comer na biblioteca.

Caught eating in the library, thousand yard stare.O personagem Boromir de Gondor do filme “O Senhor dos Anéis” nos adverte sobre a devolução dos livros.

One does not simply return from the library without a book.A figura de um nerd para nos aconselhar sobre segurança na biblioteca.

Doesn’t take out any books, library alarm still goes off.Possuem mais algum meme interessante? Postem nos comentários.

O crescimento das redes sociais no mundo

Apresenta vários infográficos com informações estatísticas sobre as redes sociais nos últimos 5 anos

Este infográfico divulgado pelo Search Engine Journal ajuda a analisar melhor o crescimento das mídias sociais nos últimos cinco anos. Duas curvas vertiginosas me chamaram atenção:  Users timeline que demonstra a quantidade de usuários que utilizam as redes sociais; e Social Media Visitor Growth: Evolution, muito interessante observar como o Facebook cresce espantosamente enquanto o Myspace perde a liderança do mercado.

Veja o infográfico completo. Continue lendo O crescimento das redes sociais no mundo

Compartilhar documentos digitais nas redes sociais utilizando o Greenstone

O software Greenstone Digital Library a partir da versão 2.84 incorporou uma nova macro que permite compartilhar os documentos digitais existentes em uma coleção nas principais redes sociais e sistemas de e-mail, através da ferramenta AddtoAny. Continue lendo Compartilhar documentos digitais nas redes sociais utilizando o Greenstone