Arquivo da tag: Estatísticas

Quase 90% dos professores brasileiros se sentem desvalorizados, diz estudo

Nossos docentes também são os que gastam mais tempo para manter a ordem na sala de aula
Nossos docentes também são os que gastam mais tempo para manter a ordem na sala de aula

Quase 90% dos professores brasileiros acreditam que a profissão não é valorizada na sociedade. Mesmo assim, a maioria está satisfeita com o emprego.

O resultado foi apresentado semana passada pela Talis (Pesquisa Internacional sobre Ensino e Aprendizagem, sigla em inglês) da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico) que ouviu 100 mil professores e diretores escolares em 34 países.

De acordo com o levantamento, somente 12,6% dos professores brasileiros consideram-se valorizados. A proporção está abaixo da média internacional, de 30,9%. No entanto, 87% dos professores brasileiros consideram-se realizados no emprego, próximo da média global de 91,1%.

Apesar de não se sentirem valorizados, os professores brasileiros estão entre os que mais trabalham, com 25 horas de ensino por semana, seis horas a mais do que a média internacional.

Em relação ao tempo em sala de aula, os professores brasileiros ficam atrás apenas da província de Alberta, no Canadá, com 26,4 horas trabalhadas por semana, e do Chile, com 26,7 horas. Continue lendo Quase 90% dos professores brasileiros se sentem desvalorizados, diz estudo

Obrigatoriedade de biblioteca em escolas não é suficiente para incentivar a leitura

Liderada pelo Instituto Ecofuturo, a campanha “Eu Quero Minha Biblioteca” busca a efetividade da Lei 12.244/2010, que diz que até 2020 todas as instituições de ensino brasileiras públicas e privadas deverão ter uma biblioteca. A campanha reúne a Academia Brasileira de Letras, Conselho Federal de Biblioteconomia, Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil, Instituto de Corresponsabilidade pela Educação, Movimento por um Brasil Literário, Instituto Ayrton Senna, Instituto C&A, Rede Marista de Solidariedade e Todos pela Educação. Continue lendo Obrigatoriedade de biblioteca em escolas não é suficiente para incentivar a leitura

Os sites mais acessados do Brasil

InternetOs sites do Google são os espaços mais visitados por internautas brasileiros. Eles reúnem 73,6 milhões de visitas únicas em um mercado que conta com 79,7 milhões de internautas, segundo números divulgados pela comScore ao Olhar Digital.

O segundo do ranking é o Facebook, que é acessado por 66,3 milhões de pessoas. E em terceiro lugar fica o UOL, com 56,5 milhões.

A lista dos mais populares segue com os sites da Microsoft (54,2 milhões), o da Globo (48,6 mi) e os do Yahoo (47,8 mi). Então vêm R7 (46,4 mi), Terra (41,7mi), IG (30,1) e NZN (28,7 mi).

O levantamento considera internautas com 15 anos ou mais que utilizam computador e laptop em casa ou no trabalho. Exclui, portanto, os acessos realizados via smartphones e tablets e conexões em ambientes externos como lan-houses e bibliotecas públicas.

Fonte: Olhar Digital