Arquivo da categoria: Bibliotecas

Agrupa temas como: Bibliotecas Itinerantes, Bibliotecas Digitais, Histórias das Bibliotecas, Softwares para Bibliotecas, Bibliotecas Universitárias, Bibliotecas Públicas entre outros. Atualizado semanalmente às segundas-feiras, 10h. Destacado.

Menino de 7 anos arrecada livros e monta biblioteca para crianças sem-teto

blake-mini-biblioteca-blake-mini-library

Mesmo tímido e de poucas palavras, Blake Ansari, 7, já arrecadou quase 6 mil livros nos Estados Unidos em pouco mais de um ano. Ele mobilizou empresas, amigos e instituições por um único desejo: ajudar crianças desabrigadas a ter acesso à leitura. Continue lendo Menino de 7 anos arrecada livros e monta biblioteca para crianças sem-teto

Mapa-múndi gigante feito de vidro é destaque em biblioteca

Visitantes maravilhados com o mapa-múndi gigante. (Foto: Biblioteca Mary Eddy Baker)
Visitantes maravilhados com o mapa-múndi gigante. (Foto: Biblioteca Mary Eddy Baker)

O Mapparium é um mapa-múndi gigante de três andares e é composto por 608 painéis grossos de vitrais coloridos. Localizado na Biblioteca Mary Eddy Baker, na cidade de Boston, Massachusetts (EUA), a obra possui ainda uma ponte de 9,1m, também feita de vidro.

Continue lendo Mapa-múndi gigante feito de vidro é destaque em biblioteca

A biblioteca, o ministro e os alunos que zeraram

estante-de-livros-1024x410

Na casa da minha avó, sempre existiu uma biblioteca. Lá dentro, uma coleção de livros de capa vermelha me chamava atenção, aos 7 anos. Lia de tudo, mas sempre voltava aos contos de um dos volumes, que tinha um cheiro só dele. Basta fechar os olhos para tê-lo aqui outra vez.

Em 1997, aos 11 anos, mudei-me para Barcelona. Não sabia dizer nem “hola, qué tal?”. Do lado do apartamento onde morava, tinha uma biblioteca de dois andares. Não era a única do bairro e podia pegar emprestado os livros que quisesse, garantidos gratuitamente pelo governo. Diante do medo de um idioma desconhecido, tinha um paraíso de estantes para me dar coragem.

Depois descobri que podia usar cadernos para puxar o ar. Um sutil rastro de oxigênio ficava escondido entre a costela e o abismo. Tinha de viver qualquer coisa que fosse ali, no branco da página, para investigar o paradeiro do fôlego e seguir adiante.

Faço esta digressão porque andei me perguntando quais são as lembranças das primeiras experiências de leitura e escrita que têm os mais de 529 mil estudantes que zeraram a redação do Exame Nacional do Ensino Médio. Não só de autores ou grandes obras, mas de como é estar diante da palavra com prazer e curiosidade. E os gestores públicos? Como têm contribuído para essa situação?

O novo ministro da Educação, Cid Gomes, foi governador do Ceará durante os últimos oito anos. Neste estado, a principal biblioteca pública estadual está fechada desde fevereiro de 2014 para passar por reformas que nunca começaram. Nos últimos tempos de portas abertas, os usuários levavam ventiladores próprios e abriam as janelas para suportar estar lá dentro, enquanto a maresia prejudicava o acervo já tão sofrido. Não são feitos reparos desde 2002.

Não são discursos “preocupados” que sobem os pontos da redação (e transformam vidas inteiras). Professores e alunos estão vinculados a um sistema educacional frágil. Que o novo ministro, antes de apelar para o que ele chamada de “amor”, garanta livros e educação de qualidade. Que apalavra seja usada para transformar e não para enganar ou ocultar precariedades. Não se constrói uma “pátria educadora” com tão poucas bibliotecas. E o pior: com as portas fechadas.

Fonte: O Povo

Como é trabalhar em uma biblioteca?

Biblioteca-Mário-de-Andrade

Trabalhar numa biblioteca é estar um pouco mais perto dos pensamentos de Clarice Lispector, é ter os “olhos de ressaca” de Capitu entre as estantes, é mostrar para os usuários que existem várias possibilidades de leitura, mostrar que existem vários mundos dentro de um espaço.

Trabalhar em uma biblioteca é aprender que os sonhos de um escritor são eternos e não apenas no momento da escrita. É vivenciar crianças que se encantam com a sua primeira vez em uma biblioteca, é ver gerações de todas as idades se reciclando no mundo literário.

Aqui também vejo pessoas que usam o espaço como um abrigo, apenas para fugir de um mundo real. Passam o dia todo falando sozinhos, dando voltas e voltas sem saber o que fazer. E percebem que nem todos os usuários respeitam os livros, usando-os por obrigação acadêmica, rabiscando-os, amassando-os, detonando-os, sem se preocupar que esses livros fazem parte de uma comunidade e passarão para outras mãos.

Aprendo aqui que nem todos os leitores que leem autores consagrados têm educação e gentileza com o próximo, pois gritam e querem burlar as regras de uma biblioteca. Aprendi que: nem sempre quem lê é educado.

Trabalhar em uma biblioteca é fazer parte de uma equipe onde todos trabalham por amor, onde todos querem dar sempre o seu melhor. Sair de casa para trabalhar na Biblioteca Circulante é ter um pouco de Cora Coralina, Drummond e Mario Quintana todos os dias na sua vida…

Fonte: Biblioteca Mário de Andrade

Bibliotecas digitais ajudam nos estudos para o Enem

Domínio-Público
Com amplo acervo digitalizado, sites como Domínio Público, Biblioteca Nacional e UnB disponibilizam conteúdo gratuito

Dentre os conteúdos que podem auxiliar o estudante a se preparar para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), uma boa opção são as bibliotecas e conteúdos digitais, que permitem o acesso gratuito a acervos de livros, manuscritos, artigos científicos e dossiês.

Entre as opções, o Portal Domínio Público, lançado em 2004 pelo governo federal, dispõe de um amplo acervo de obras literárias, artísticas e científicas. O site ainda permite ao usuário coletar diversos materiais na forma de textos, sons, imagens e vídeos, já em domínio público* ou que tenham a sua divulgação devidamente autorizada, o que caracteriza patrimônio cultural brasileiro e universal. Continue lendo Bibliotecas digitais ajudam nos estudos para o Enem

Criando um ambiente motivador na biblioteca

lideranca

Com o rápido processo de modernização e mudanças no mercado, as empresas precisam de um fator de destaque para se manterem vivas na mente dos clientes. Necessitam produzir produtos e serviços com um padrão de qualidade cada vez maior. Para haver qualidade, a equipe tem que estar satisfeita e motivada com o trabalho que executam. E, para ter uma “vontade maior” para trabalhar e desejo de fazer o melhor para si e para equipe, é necessário um bom gerenciamento. Este gerente ou chefe, no caso, o bibliotecário, deverá estar atento e servir às necessidades do grupo, seja treinamento, disposição física no ambiente, mudança de estrutura organizacional ou tecnológica, no intento da satisfação do grupo para que este goste do seu trabalho e queira fazer parte dele como uma peça fundamental para o bom andamento e atendimento dos leitores.

Veja alguns passos de melhoria:

1 – Nunca sobrecarregar.

2 – Delegar tarefas. O novo desafio dará adrenalina e, o desafiado terá a satisfação de sempre estar aprendendo mais e ser melhor no trabalho.

3 – Envolver seus colaboradores. Não tome decisões sozinho.

4 – Pedir opinião gera reconhecimento. Cada colaborador precisa conseguir ter a sensação da frase “ – Eu sou importante no grupo”.

5 – Aja no tom certo e de forma adequada. Nada é mais desmotivador do que uma crítica tendenciosa.

6 – Tenha interesse pela “pessoa” não apenas como um colaborador. A felicidade da pessoa gera um bom colaborador.

Vale lembrar que cada um de nós tem potencial para ser líder, ou, ainda, cada um é um líder em potencial e deve saber servir bem para obter retorno em seus esforços, gerando um ambiente de total sinergia com o grupo. Afinal, um quebra-cabeça nunca estará resolvido se não ouver a última peça colocada. Pense nisso!

Fonte: Vértice Books

Emater abre minibibliotecas rurais na Paraíba

O Projeto Bibliotecas Rurais, executado pela Emater Paraíba, está se expandindo e despertando o interesse para o hábito da leitura, a compreensão e interpretação de textos das crianças, jovens e adultos do meio rural paraibano. Nessa segunda-feira (22), a comunidade Mata de Garapu, no município do Conde, Litoral Sul do Estado, foi contemplada com mais uma biblioteca. A primeira unidade foi entregue durante o lançamento oficial do projeto, no encerramento das Jornadas de Inclusão Produtiva, dia 11 de junho, na sede da empresa, localizada na estrada de Cabedelo. Continue lendo Emater abre minibibliotecas rurais na Paraíba

Projeto obriga bibliotecas a instalar programas para pessoas com deficiência visual

Implantar programas de software com a finalidade de facilitar o acesso de pessoas com deficiência visual aos computadores nas bibliotecas públicas de todas as cidades com mais de 50 mil habitantes. Esse é o objetivo do Projeto de Lei do Senado (PLS) 138/2014, do senador Ciro Nogueira (PP-PI), em análise na Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE).

Para o senador, os livros editados em braile e acompanhados de versão em áudio já não são mais suficientes para promover a igualdade do acesso entre as pessoas sem deficiência e aquelas que são privadas da visão. “O desenvolvimento vertiginoso dos meios tecnológicos de informação privilegia quem pode manejar computadores”, acrescentou, ao defender a implantação dos programas.

O projeto prevê que as bibliotecas reservem espaços exclusivos, com mesas, cadeiras e teclados específicos para uso das pessoas com deficiência visual.

Na CE, o projeto tem como relator o senador Eunício Oliveira (PMDB-CE). Depois, a matéria ainda passará pela Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH), em decisão terminativa. Isso significa que, se não houver recurso para a votação em plenário, o projeto poderá seguir para a Câmara dos Deputados. Continue lendo Projeto obriga bibliotecas a instalar programas para pessoas com deficiência visual

Biblioteca de gestão integrada

Dos cartões perfurados utilizados nos Estados Unidos, por volta de 1936 à Invenção dos formatos MARC que permitiam o armazenamento e intercâmbio de dados do catálogo até a rede de Bibliotecas em Washington em 1960, chegando a 1970, onde surgiu o primeiro ILS, com sistemas automatizados, o mundo deparou-se com a internet e o surgimento dos catálogos online e grandes portais. Continue lendo Biblioteca de gestão integrada