Todos os posts de Mauricio

Orgulhosamente formado em Biblioteconomia pela UFMG. Bibliotecário atuante desde 2005. Possui experiência em Biblioteca Escolar, Biblioteca Universitária e Biblioteca Especializada em Direito. Já criou Bibliotecas Digitais com o software Greenstone. É Mineiro de Belo Horizonte. Leitor compulsivo, viciado em MTG e Cruzeirense.

Auditoria da informação e do conhecimento organizacional: gênese de uma integração

Resumo
Desde a década de 80 quando a gestão da informação como recurso teve uma maior ênfase, surgiu também à necessidade de aprofundar as medidas de controle de tal informação. Assim nasceram as chamadas auditorias informacionais com diferentes enfoques. Uma década mais tarde, as organizações avaliaram que o trabalho com a informação não era suficiente, mas que as pessoas e seus conhecimentos marcavam diferenças. Assim, começou-se a estudar o fenômeno da gestão dos processos associados ao conhecimento organizacional, gerando-se também diferentes tipos de auditoria para este recurso. Se entre a informação e o conhecimento existem fronteiras resvalantes, também pode ocorrer o mesmo entre as auditorias em ambos os recursos. De fato quando se faz uma auditoria de informação de alguma maneira o conhecimento está presente e vice-versa. Portanto, este percurso nos apresenta a opção de pensar na integração de ambos os enfoques em uma metodologia integral que possa desenvolver-se em diferentes organizações. Este artigo nos introduz a estes temas e justifica a necessidade de contar com uma metodologia integral para o desenvolvimento destas auditorias em nível organizacional.

Palavras-chave: Auditoria de Informação; Auditoria do Conhecimento; Auditoria Integral de Informação-Conhecimento; Gestão da Informação; Gestão do Conhecimento. Continue lendo Auditoria da informação e do conhecimento organizacional: gênese de uma integração

Projeto de ontologia para sistemas de informação empresariais: delineando uma metodologia para desenvolver ontologias na área de telecomunicações

Os requisitos informativos para sistemas de informação, mais precisamente sistemas de informação corporativos, podem ser encontrados por meio de ontologias. A Web Semântica usa esta ferramenta para solucionar problemas que surgem por causa da abundância de informação, proporcionando fácil troca de dados e informações, bem como aprimorando as condições para a recuperação da informação.

Palavras-chave: Ontologia; Sistemas de informação empresariais; Metodologia; Intercâmbio de dados e informação; Web Semântica. Continue lendo Projeto de ontologia para sistemas de informação empresariais: delineando uma metodologia para desenvolver ontologias na área de telecomunicações

Rede de colaboração científica no tema “Estudos Métricos”: um estudo de co-autorias através dos periódicos do SciELO da área de Ciência da Informação

Resumo
A proposta desta pesquisa é analisar a rede de colaboração científica na área de Ciência da Informação, no tema “estudos métricos”, a partir das co-autorias institucionais nos periódicos publicados on line pela Scientific Electronic Library Online (SciELO), biblioteca eletrônica que abrange uma coleção selecionada de periódicos científicos brasileiros, em suas seguintes publicações: Ciência da Informação e Perspectiva em Ciência da Informação. O procedimento de pesquisa adotado foi o levantamento dos números publicados, envolvendo um total de 53 artigos no tema em questão. Trabalhou-se, assim, inicialmente, com o universo de 388 artigos, sendo 53 (13,7%, entre os dois periódicos) os artigos que tratam do tema. Utilizou-se o software Pajek a fim de construir a rede de colaboração científica a partir das co-autorias e o Statistical Package for the Social Sciences (SPSS) para a construção dos clusters, usando o método Ward e medida de distância euclidiana quadrática, com as variáveis padronizadas. Os dados apresentaram-se como um agregado de comunidades, algumas vezes isoladas, outras vezes formando a configuração de uma rede de colaboração científica já estabelecida, porém, pouca densa.

Palavras-chave: Estudos métricos; Rede de colaboração científica; Análise de co-autoria; Bibliometria. Continue lendo Rede de colaboração científica no tema “Estudos Métricos”: um estudo de co-autorias através dos periódicos do SciELO da área de Ciência da Informação

A documentação como uma das origens da Ciência da Informação e base fértil para sua fundamentação

Resumo
Objetiva explorar os princípios documentários como equivalentes às questões nucleares propostas para a Ciência da Informação, como modo de realizar o debate sobre seus fundamentos. O trabalho se justifica por considerar que a percepção sobre a crise de identidade em Ciência da Informação pauta-se em literatura fortemente marcada por eixos específicos, os quais deflagram visões parciais incapazes de constituírem partes articuladas de um todo. Como metodologia, realiza revisão de literatura e discussão sobre a história da Ciência da Informação, considerando-a anterior ao surgimento desta denominação, e trata de sua disciplinaridade, apresentando construções interdisciplinares significativamente consolidadas e problematizando a questão das denominações para a área. O estudo permite constatar que a celeuma que envolve a questão da identidade da Ciência da Informação não se manifesta de forma relevante na literatura e nas práticas profissionais pautadas na Documentação, a qual tem apresentado, simultaneamente, foco e densidade no decorrer do tempo. A história da Documentação permite questionar os discursos sobre a ausência de consensos em Ciência da Informação e sobre a frágil nuclearidade decorrente de sua dimensão técnica e da suposta fluidez intrínseca aos seus limites e áreas fronteiriças. Conclui que os princípios documentários configuram-se como parte basilar dos fundamentos
da Ciência da Informação e são emblemáticos de sua unidade identitária.

Palavras-chave: História da Documentação; História da Ciência da Informação; Epistemologia da Ciência da Informação; Biblioteconomia e Documentação. Continue lendo A documentação como uma das origens da Ciência da Informação e base fértil para sua fundamentação

A promoção do conhecimento em uma empresa de engenharia consultiva: integrando biblioteca, acervo técnico e documentação

Resumo
Contribui para a formação de um modelo de gestão integradora de três acervos distintos – Biblioteca, Acervo Técnico e Documentação – em uma empresa de Engenharia Consultiva. Apresenta referencial teórico sobre gestão do conhecimento, melhores práticas de gestão da informação e sua aplicabilidade no ambiente corporativo. Mapeia as possibilidades de atuação de um profissional da área de Ciência da Informação nesse contexto, a partir das exigências do mercado de trabalho e das limitações da formação acadêmica. Apoiado em observação presencial e em trabalhos acadêmicos, relaciona aspectos gerenciais e funcionais para a gestão bem sucedida de uma unidade de informação.

Palavras-chave: Gestão de Unidades de Informação; Gestão de Serviços de Informação; Gestão da Informação; Gestão do Conhecimento; Gestão Documental. Continue lendo A promoção do conhecimento em uma empresa de engenharia consultiva: integrando biblioteca, acervo técnico e documentação