A dimensão epistemológica da Ciência da Informação e seu impacto sobre o ensino em Arquivologia e Biblioteconomia

Bib
Epistemologia é o estudo da possibilidade e natureza do conhecimento humano e, como agências que se ocupam dos registros desse conhecimento, agora em meios eletrônicos e impressos, parece razoável explorar a epistemologia do trabalho e do ensino em Informação e em Biblioteconomia para as profissões da informação. É claro que qualquer que seja nossa compreensão sobre o modo com que o conhecimento é construído nos seres humanos, os registros desse conhecimento têm alguma existência “real”. Conhecimento, isto é, aquilo que está no aparato intelectual do indivíduo (ou “entre duas orelhas”, como Drucker menciona), pode ser socialmente construído, mas o que pode ser registrado desse conhecimento, isto é, aquilo que de outro modo chamamos de “informação”, toma uma forma “real”. A forma “real” pode ser difícil de ser vista, como no caso dos símbolos cortados a laser em um CD-ROM, ou os bits gravados em um disco rígido, mas ali estão. Este trabalho considerará as conseqüências de uma epistemologia realista para a Biblioteconomia e Arquivologia e para o ensino nesses campos.

Palavras-chave: Epistemologia; Conceitos; Ciência da Informação; Formação em Biblioteconomia; Formação em Arquivologia. Continue lendo A dimensão epistemológica da Ciência da Informação e seu impacto sobre o ensino em Arquivologia e Biblioteconomia

Lei de Lotka aplicada à produção científica da área de Ciência da Informação

Resumo
Apresentamos uma aplicação da Lei de Lotka ao conjunto de autores com publicações no campo da Ciência da Informação, entre 1996 e 2007. A aplicação realizada segue a metodologia de Lee Pao (1985). Foram selecionados todos os autores que surgiram no campo autor, não se efetuou nenhum corte na distribuição e a estimação do valor crítico calculou-se utilizando a fórmula proposta por Nicholls (1989). Os resultados mostram os seguintes dados: uma pendente igual a -2.75, inferior à obtida tanto no trabalho de Voos (1974) como no de Sen, Taib e Hassan (1996), neste mesmo campo; uma % de autores, realizadores de um só trabalho, igual a 79% e um excelente ajuste a Lei de Lotka, ao ser aplicado o teste de Kolmogorov-Smirnov.

Palavras-chave: Lei de Lotka; Produção Científica; Ciência da Informação; Bibliometria. Continue lendo Lei de Lotka aplicada à produção científica da área de Ciência da Informação

Alfabetização informacional em Portugal: alguns resultados de um projeto de pesquisa

Resumo
O estudo apresenta alguns dados sobre um projeto, que embora focado no caso específico de Portugal, tem a pretensão de fazer uma aproximação científica dos desafios da Área do Ensino Superior Europeu (EHEA) e seu impacto no campo da alfabetização da informação, considerando o atual contexto da Sociedade da Informação. As questões principais que essa pesquisa pretende responder são: entender como os alunos universitários enfrentam as novas competências exigidas pela criação do EHEA; saber como esses alunos estão preparados em termos das competências informacionais, em três diferentes momentos: antes da universidade, durante o período de freqüência da universidade e, no final da graduação, na universidade. As aproximações intra e transdisciplinares entre Educação, Ciências Cognitivas e Ciência da Informação são claramente afirmadas no modelo epistemológico e teórico que o apóiam, beneficiando-se da interação entre necessidades de informação produzidas no contexto educacional e o universo informacional dos alunos e sua dinâmica, sem esquecer de considerar as conexões do comportamento informacional dos alunos com seus contextos pessoais e sociais e exigências. O estudo é realizado em uma escala nacional, para permitir as comparações entre regiões com diferentes níveis de desenvolvimento. O exemplo inclui alunos de ambos os ciclos de estudo. A metodologia usada nesse estudo está dividida em duas áreas, pesquisa qualitativa e quantitativa. A pesquisa qualitativa permitirá obter preciosos indicadores sobre o comportamento de informação dos alunos, expectativas, necessidades e uso de informação. Os indicadores obtidos na pesquisa qualitativa serão usados para projetar questionários, os quais serão realizados em 17 escolas de ensino médio e 17 universidades, com uma amostra estimativa de aproximadamente 2000 alunos. O resultado final desta pesquisa será o projeto de um mapa do comportamento informacional, no nível da universidade, e o desenvolvimento de um modelo concernindo à promoção de competências da informação nos alunos de universidades Portuguesas.

Palavras-chave: Conceito de Informação; Sociedade da Informação: Alfabetização Informacional; Comportamento da Informação: Educação Superior – Portugal; Projeto de Pesquisa. Continue lendo Alfabetização informacional em Portugal: alguns resultados de um projeto de pesquisa

Biblioteconomia + Bibliotecas + Bibliotecários + Livros + Etc